Cuidados Continuados 

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) foi criada em 6 de Junho de 2006, através Decreto-Lei n.º101/2006 e tem como objectivo geral a prestação de cuidados continuados integrados a pessoas que, independentemente da idade, se encontrem em situação de dependência.

 

Entende-se como Cuidados Continuados Integrados o conjunto de intervenções sequenciais de saúde e de apoio social, decorrente da avaliação conjunta, centrada na recuperação global entendida como o processo terapêutico e de apoio social, activo e contínuo, que visa promover a autonomia e melhorar a funcionalidade da pessoa em situação de dependência, através da sua reabilitação, readaptação e reinserção familiar e social.

 

A Rede é constituída por unidades e equipas de cuidados continuados de saúde, e ou apoio social, e de cuidados e acções paliativas, com origem nos serviços comunitários de proximidade, abrangendo os hospitais, os centros de saúde, os serviços distritais e locais da segurança social, a Rede Solidária e as autarquias locais.

A prestação de cuidados é assegurada através das Unidades de Internamento, Unidades de Ambulatório, Equipas Hospitalares e Equipas Domiciliárias.

 

A coordenação da Rede processa-se a nível nacional, sem prejuízo da coordenação operativa regional e local. 

 

 

 

Programa Modelar

 

1ª Fase 

 

2ª Fase