ARS Centro e Municícpios parceiros na promoção da atividade física 
 

A ARS Centro e a Direção Geral de Saúde celebraram com cerca de quatro dezenas de câmaras municipais da região Centro protocolos de cooperação no âmbito da promoção da atividade física. O ato, realizado em Lisboa no decurso do lançamento do Plano de Ação Mundial para a promoção da Atividade Física da Organização Mundial de Saúde (OMS), contou com as presenças do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, e do Diretor-Geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, entre outras personalidades de relevo nacional e internacional.

São perto de 40 os municípios do Centro do país que aderiram assim ao programa de promoção da atividade física da Direção Geral da Saúde implementado pela ARSC na sua área de influência. Ao subscreverem os protocolos de cooperação, as autarquias assumem-se como agentes facilitadores para a implementação, a nível concelhio, de estratégias de participação comunitária para o cumprimento das orientações da OMS e das políticas de saúde nacional, designadamente a nível de consumos alimentares e da prática da atividade física.

“A promoção da atividade física é vital para a melhoria da saúde das populações e os municípios são fundamentais para o desenvolvimento de estratégias nesse sentido porque conhecem bem as necessidades locais e os recursos disponíveis para a concretização de planos e de projetos adequados à sua realidade”, destacou a presidente da ARSC a propósito do importante ato celebrado hoje. Rosa Reis Marques, que sublinhou o importante trabalho de retaguarda desenvolvido pelos técnicos do Departamento de Saúde Pública da ARSC, que tornou possível a adesão de tão vasto número de autarquias da região, frisou, no decurso da celebração, ser este o caminho que a ARSC quer prosseguir para que o Centro do país seja, efetivamente, uma região saudável, com uma população cada vez menos atingida por doenças crónicas como a diabetes, a obesidade, as doenças cardiovasculares ou oncológicas. 

Portugal foi o país escolhido pela OMS para o lançamento do Plano de Ação Mundial para a promoção da Atividade Física 2018-2030, iniciativa que teve lugar em Lisboa, na Cidade do Futebol, organizada pela OMS, Ministério da Saúde e Federação Portuguesa de Futebol.

“Pessoas Mais Ativas para um Mundo mais Saudável” foi o nome escolhido pela OMS para este Plano que dá orientações aos países para promoverem, numa lógica intersectorial e de saúde em todas as políticas, a atividade física junto das populações, nomeadamente através da criação de ambientes seguros e acessíveis para pessoas de todas as idades. 

 

 

5 de junho 2018