Prevenção de Acidentes 

Portugal mantém, mau grado todos os esforços despendidos até agora, estatísticas muito preocupantes de sinistralidade rodoviária.
 
Os Idosos são muitas vezes alvo fácil de atropelamentos enquanto peões e de acidentes como condutores, devido ás suas dificuldades de locomoção, audição e visão entre outras, e ainda por falta de sensibilização para os métodos mais modernos de circulação e de gestão de tráfego.
Os Profissionais de Saúde podem ser intervenientes activos neste âmbito promovendo acções na Comunidade ( Lares, Centros de Dia, etc), onde se discuta e chame a atenção para esta problemática.